top of page
Buscar

O guia definitivo para uma visão perfeita

Atualizado: 31 de jul.

Descubra os sintomas, as causas e as soluções para as questões que exigem correção visual.

Lentes para todos os tipos de visão.
Lentes Miguel Giannini

Pouca gente sabe, mas a forma correta de denominar problemas comuns de visão como astigmatismo, hipermetropia, miopia e presbiopia é chamá-los de erros refrativos.

Os erros refrativos afetam milhões de pessoas em todo o mundo e podem causar desconforto visual e afetar a qualidade de vida. Esse termo é usado para descrever essas condições visuais porque se referem envolvem desvios na forma como a luz é refratada e focada dentro do olho, levando a uma visão prejudicada. O processo de refração é fundamental para que a luz se concentre corretamente na retina, permitindo uma visão clara e nítida.


Quando ocorrem erros refrativos, a forma do olho ou a curvatura da córnea não permite que a luz seja focada adequadamente na retina. Isso resulta em uma visão distorcida ou embaçada, seja para perto ou para longe, dependendo do tipo de erro refrativo.


Por exemplo, na miopia, a luz é focalizada antes da retina, causando uma visão embaçada de objetos distantes. Na hipermetropia, a luz é focalizada atrás da retina, resultando em dificuldade para enxergar objetos próximos. No astigmatismo, a curvatura irregular da córnea leva a uma distorção da imagem. E na presbiopia, ocorre uma perda gradual da capacidade de acomodação do cristalino, levando a dificuldades na visão de perto.


A correção com o uso de óculos colabora para direcionar a luz de forma correta, garantindo visão nítida e melhorar a qualidade de vida.


1. Miopia

Erro refrativo em que a visão para longe fica embaçada, enquanto a visão para perto é relativamente mais clara. Geralmente, ocorre quando o olho é mais longo do que o normal ou quando a córnea tem uma curvatura excessiva. Os sintomas incluem dificuldade em enxergar placas de trânsito, sinais ou quadros escolares à distância. O tratamento mais comum são os óculos com lentes prescritivas que redirecionam a luz para a retina, proporcionando uma visão mais clara.


2. Hipermetropia

É o oposto da miopia. Nesse caso, a visão de perto é afetada, enquanto a visão de longe pode ser relativamente melhor. A hipermetropia ocorre quando o olho é mais curto do que o normal ou quando a córnea tem uma curvatura plana. Os sintomas incluem dificuldade em focar objetos próximos, como a leitura de um livro. Óculos com lentes corretivas são o tratamento mais comum, ajudando a direcionar a luz corretamente para a retina.


3. Astigmatismo

Caracterizado por uma curvatura irregular da córnea, o que leva a uma visão embaçada, distorcida ou distorcida, tanto de perto quanto de longe. Os sintomas incluem visão borrada, dificuldade em ler letras ou ver detalhes finos. O astigmatismo é geralmente corrigido com óculos de grau que compensam a curvatura irregular da córnea, proporcionando uma visão mais nítida e clara.


4. Presbiopia

Erro refrativo relacionado à idade, que afeta a capacidade do olho de focar objetos próximos. Geralmente ocorre após os 40 anos por conta da perda de flexibilidade do cristalino. Os sintomas incluem dificuldade em ler textos de perto e necessidade de afastar objetos para enxergá-los claramente - a famosa “síndrome do braço curto”. Os óculos são a solução comum para corrigir a presbiopia, permitindo que os olhos se ajustem adequadamente ao foco em objetos próximos.


Os erros refrativos são problemas visuais comuns que podem ser corrigidos com o uso de óculos adequados. A qualquer sinal de queda de visão, é importante consultar um oftalmologista para um exame ocular completo e uma prescrição adequada. E, em seguida, agende sua visita na Miguel Giannini Óculos. A equipe de consultores ópticos está altamente capacitada para orientá-la ou orientá-lo corretamente e indicar os óculos e as lentes que garantam a melhor qualidade visual.


Por Andrea Tavares @ladyoculosoficial

72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page